Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Chuva, café e poesia.

Imagem
Chuva lá fora, música tocando baixinho, o silêncio dentro de mim cutucando algumas feridas. Não gosto de ser tão provocada assim. Tenho vontade de jogar a minha consciência fora e ser livre de forma banal. O café está quase pronto, deixei um livro de poesias sobre a mesa. Estou preparando o meu terreno sagrado de serenidade. Gosto de ficar só nesses momentos.Gosto dessa imagem cinzenda que tem o dia chuvoso. Gosto porque os pensamentos ficam  mais livres,mais lentos e podemos sentir saudades sem chorar.Podemos ser nós mesmos, tomar um banho de chuva e ser um pouco feliz. Falando nisso, tomei banho de chuva hoje. Limpei a alma, o coração e boa parte do corpo. Só eu sei o quanto foi gratificante sentir toda essa água no meu rosto, tirando a maquiagem, tirando as impurezas. O café está pronto finalmente. Vou colocá-lo em uma xícara qualquer, para que ele não se sinta muito importante e não perca a humildade. Perder a humildade é quase suicídio. A verdade é que sou dependente de café. Tá…

Abandono

Imagem
Não quero pensar nos teus olhos tristes, se por acaso eu for embora.
Que mau abandono seria. Tão vulgar. Tão covarde.
Dói pensar na minha expressão também. Arrependimento automático que sentiria tão intensamente.
Devo oferecer tão pouco amor. A minha solidão grita tanto que devo te machucar.
Não posso pedir compressão, se nem eu entendo a minha existência.
Acredito que tu sofras por conta dos meus devaneios, sim.
Que triste seria sair de cena mais uma vez de forma tão imprevisível. Surreal.
Não quero pensar na melancolia que seria se me despedisse agora.
Cultivamos uma simbiose quase perigosa.
Não quero nem pensar em...

Para sempre

Imagem
Existem algumas coisas na vida que são para sempre. Os nossos pais são para sempre. A nossa infância é para sempre. Amores são para sempre. A diferença está nas escolhas que tomamos e o que desejamos levar para sempre. Você decide levar valores ou não. Você escolhe carregar amigos ou não. Você escolhe qual amor quer, também.
Bom, eu quis que você fosse para sempre. Eu quero que você seja para sempre e para sempre AO MEU LADO. Poderia aceitar facilmente te levar na lembrança, mas o meu corpo precisa sentir o seu. Preciso tocar seus cabelos e bagunça-los para que você fique com raiva. Preciso receber beijos nos olhos, na ponta do nariz e no rosto todo. Eu não quero ter que lembrar do dia que saímos para tomar um sorvete. Eu quero sair todos os dias para tomar sorvete. Eu não quero lembrar do dia que fomos almoçar fora. Quero poder ir COM VOCÊ almoçar fora. Quero que você seja o meu melhor passado, o meu perfeito presente o mais esperado futuro, entende?
Escolhi você por todos os motivo…

Uma carta para um eu distante.

Não sei mais sobre as horas e nem sobre o dia. Sei que tenho pressa de ir para casa. Tem gente me esperando lá.
Vou te deixar na rodoviária. Não esqueça de mim. Traga-me um presente, ta bom?
O dia está bom para viajar. A chuva não está grossa demais e nem fina a ponto de ser inofensiva. O vento não está congelante e soube que dentro do ônibus servem um bom café. Siga as instruções, ta bom? Preste atenção.
- Sente-se do lado direito, perto da janela. Você encontrará uma pessoa interessante sentada a sua frente. Ela estará lendo um livro e fumando um cigarro com cheiro de canela.
- Peça um café expresso para você e para essa pessoa. Ela gosta de café forte, portanto, um duplo para ela.
- Tente puxar algum assunto. Sei lá, pergunte sobre o dia, para que lugar está indo ou se tem filhos. Use a criatividade que eu sei que tem.
- Seu relógio está quebrado, então não serão 3:15 quando você olhar para ele. Provavelmente já serão umas 5:15. Não esqueça de conserta-lo quando chegar no ponto fin…

Múltiplas personalidades(crise existencial) e uma dose de loucura.

Imagem
Não sei mais quem sou. Procuro, procuro. Procuro e não encontro quem, de fato, habita em mim. Sou tantas pessoas. Tantas coisas. Sou gente, até.
Nunca soube me definir e agora entendo o por quê. Como me definir se há tantos dentro de mim?
Segunda sou calma e serena. Terça sou explosiva e irritante. Quarta choro e peço colo. Quinta sou tudo isso e um pouco mais. Sou homens, mulheres, crianças e animais. Sou um bicho não definido. Acho que passarei o resto da vida tentando descobrir. A minha sorte é que pago consulta individual e acabo levando uma diversidade de pessoas à minha psicologa. Quando recebi alta, sabia que ia ser difícil, mas achei que não precisaria voltar. Não tão cedo, ao menos. Me enganei. Meus eus precisam de controle. Os quens dentro de mim precisam entrar em harmonia.
Ando cansada e emagreci mesmo comento normalmente. Sei que tudo isso é  por conta do meu desastre mental. Ando instável de novo. Ora quero largar tudo e ir embora, ora não quero sair de casa. Não sei ma…
Separei a minha melhor roupa. Levei horas me arrumando e quando saí, esqueci de pegar a carteira.
Agora estava bonita, limpa e sem dinheiro.
Sentei em um banco de praça e fiquei observando as pessoas. Às vezes não consigo acreditar que exista tanta gente patética, mas isso não não interessa agora.
Acontece que achei alguns trocados perto do lixeiro. Com fome, peguei o dinheiro e fui correndo comprar um cachorro-quente. Depois fiquei pensando de quem deveria ser aquele dinheiro e se ele teria uma importância muito grande. Comecei a imaginar que aqueles trocados eram o que faltava para comprar um casa, ou um remédio que poderia salvar uma vida. Imaginei que alguém, morrendo de fome, o deixou ali para chamar os seus filhos "temos dinheiro o suficiente para comer, crianças".
Comecei a ficar enjoada e com peso na consciência, mas terminei de comer o cachorro-quente e ainda pedi uma coca-cola, para acabar de vez com a esperança do verdadeiro dono do dinheiro.
Voltei para casa e n…
Precisamos conversar. Não aguento mais essa dúvida, essa coisa presa em mim. Gosto de você. NÃO! NÃO! não precisa se assustar. Não quero pedir e nem cobrar nada. Só quero dizer mesmo, sabe? Sou feita disso. Chega uma hora que preciso falar as coisas de uma vez.
Não precisa ficar com essa cara, vai. Não é nada grave. Podemos reverter isso (acho). Sei que as coisas vão ficar estranhas depois. Tem dias que quando olho pra você, sinto vontade de sair correndo, mas de madrugada te acho um pouco mais atraente. Sei lá, deve ser porque nessa hora ninguém vai ver além de mim, não é?
Estou tentando falar com jeito, vai. Não quero magoar ninguém. Eu PRECISO gostar de você, até porque vou te carregar em mim para o resto da vida. A gente sempre vai ter uma ligação muito forte. Você sabe disso.
Preciso dizer que tem dias que o seu rosto parece ficar torto (ou estou ficando estrábica?). Preciso dizer que você tem uma beleza própria e cheia de interrogações. Tô cansado de ficar em pé, mas nem podemo…

Insônia

Imagem
3:45. Nada de sono e uma dor de estômago que está para me matar. O meu copo de coca-cola sente-se desprezado e eu mal consigo pensar. Tenho vontade de fazer muitas coisas, mas mal consigo mudar de posição na cama. Ou estou doente, ou o meu corpo se rendeu ao meu estado de espírito.
Pensei em ligar para algumas pessoas, mas nem créditos tenho, sem tirar que ninguém quer ser acordado a essa hora. Crio coragem e levanto para ligar a luz. Saco um livro da minha estante. Fernanda Young. Agora está tudo completo: insônia, dor de estômago, pobreza de espírito e Fernanda Young. Sinto-me um pouco melhor.
Começo a ler. Começo a querer vomitar e xingar tudo que ela xinga. Penso"OH GOD WHY?" Irônico, não é? Também sou fútil, afinal.
Não peço para ser compreendida. Penso que o amor já está fora de moda. Penso que dizer "eu te amo" se tornou banal. Penso que carnaval só é mais uma desculpa para não fazer nada e se embriagar. Penso muitas coisas, mas como isso não vai mudar nada…

Tédio

Imagem
Sem inspiração. Sem ar. Sem vida. Sem sentido. Assim são os dias vazios, inúteis, cheios de nada. São dias traiçoeiros em que nos contentamos até com a nossa tristeza. Até mesmo com migalhas. Aliás, quem nunca ficou um pouco feliz com migalhas?.
O sol tocando o seu rosto, o vento parado, você sentado na varanda de casa ou jogado na cama tentando inventar algo para se distrair. Brincar com a própria sombrar nunca foi tão divertido, não é?.
As horas vão se arrastando, você fica cada vez mais cansado de não fazer nada. Pensa em ler um livro, mas sua mente está quase adormecida. Pensa em assistir um filme, mas nenhum parece ser bom o suficiente para salvar o dia. Liga para alguns amigos, mas nenhum atende. Lembra que dentro do armário tem uma tela que você nunca terminou, então, você pega os pínceis, as tintas e até prepara o clima com o melhor cd que tem, mas para a sua decepção a inspiração não vem e você volta para aquele tormento mais uma vez. Só há uma saída: ser forte e criativo o …

Um pouco de amor, por favor. (O lado bom de amar.)

Imagem
Amar tem lá suas vantagens, vamos admitir. O problema é que sempre somos mais atordoados pelas dores e loucuras que o amor nos causa. Nada pior que sofrer por amor, não é? A tristeza quase infinita, as noites em claro, um copo de bebiba (como se fosse ajudar em alguma coisa), horas chorando por alguém que você odeia mas que no fundo ama ou não consegue largar. É, sofrer por amor é como levar socos e socos no estômago. Dói e nunca esquecemos o quanto é desconfortável.
Vamos ao lado bom de amar. Vamos observar como ficamos bestas e rimos até de coisas possivelmente trágicas. Você está no trabalho e faz alguma besteira. Seu chefe chega falando sério e por conta do seu estado de graça, você sente uma vontade enorme de soltar aquela gargalhada. Seria realmente cômico se ele não fosse ficar mais zangado e pensando que você estava tirando sarro dele.
Quando amamos, sentimos aquela coisa estranha, que muitos dizem ser 'borboletas no estômago'. Não sei de onde surgiu tal comparação, a…

O escritor e a psicóloga.

Imagem
Depois de muito tempo, ele finalmente se rendeu e ligou as pressas marcando uma consulta com uma das psicólogas mais citadas da cidade. Não era nada muito grave, talvez, mas aquela vírgula tinha virado o pesadelo e o monstro da vida dele.
Chegou muito cedo ao consultório, a simpática secretária disse que a doutora só iria chegar cerca de duas horas depois.
- Você pode ir tomar café ou dar uma volta, moço.
- NÃO! prefiro ficar aqui, mas posso lhe fazer uma pergunta?
- Claro.
- O que significa uma vírgula pra ti?
- Como assim? - Bianca, a simpática secretária, respondeu um tanto surpresa. Olha que ela já tinha escutado muitas coisas nesses 3 anos que trabalhava com a Doutora Marianne, mas nunca sobre o significado de uma vírgula.
- Você deve estar achando que sou louco e que deveria mesmo era estar no consultório de um psiquiatra. É que eu meio que sou um projeto de escritor e tenho certeza que agora estou escrevendo a minha melhor obra, mas essa vírgula está me matando.
- Seu... Seu..…

Eu, um livro e Clarice Lispector

Imagem
Sinto-me estranhamente bem. Não sei por onde começar, também não sinto vontade de me explicar, mas sempre o faço, talvez como uma tentativa de me entender.
Caio todos os dias na mesma e maldita rotina. Normal. Sinto-me mais alegre por ter conseguido passar o dia muito bem acompanhada de um livro. De um ótimo livro, aliás.
Preciso também declarar algo sobre este livro, ou melhor, sobre a Escritora: Ainda não consegui achar escritora tão rara, única, impulsiva, triste, angustiante e ao mesmo tempo bonita, absurdamente maravilhosa, não escritora, mas sim como a própria diz 'sentidora' como Clarice Lispector. Sinto-me estranhamente feliz e feita por ter como companhia um livro seu.Mas, vamos voltar a mim. Ao meu dia.
Não é fácil tentar explicar o que penso, o que sinto, o que tento expressar da forma mais sutil e crua, através da palavra escrita, quase nunca dita.
Não sei ao certo se posso ser chamada de 'escritora', talvez seja um cargo muito alto para mim. Mas também nã…

A ditadura da beleza.

Imagem
Estamos cada mais presos a tendências e padrões de beleza. Parece que ser feio é bonito e ser bonito é brega.
Há alguns anos, era cada vez mais notável o número de esqueletos em desfiles de moda. O que leva uma pessoa a ficar em um estado de desnutrição e aparentemente frágil? Como psicóloga e escritora, procuro ler e entender todos os motivos que possam explicar tal comportamento. Só não acho justo a mídia dar tanta ênfase, a ponto de influenciar pessoas que não tem nada a ver com isso. Quer dizer que para a menina ser bonita, ela tem que pesar 30 kg, mesmo medindo 1,70 cm? Não concordo.
A ditadura da beleza já foi mais justa. Antes era muito mais apreciado o sorriso, o jeito de andar, a postura. Hoje apreciamos pessoas fabricadas. Quanto mais peitos a mulher tiver, mas valorizada será. Quando mais bunda a mulher tiver, mais será cobiçada. Ninguém mais se importa com o que a pessoa gosta de fazer, se gosta de ler ou se gosta das mesmas coisas. Torna-se cada vez mais comum casar-se c…

Contar ou não?

Ainda não tive coragem de falar sobre isso. Talvez eu tenha medo de sentir tudo de novo. Acontece que ta sendo difícil ignorar essa montanha-russa de sentimentos dentro de mim. Às vezes balança tanto e faz tanto barulho, que fico enjoada.
Ainda não falei de você para ninguém. Talvez deva ser apenas uma coisa minha, mesmo. O problema é que tenho vontade de contar para o mundo, mas nem posso. O que trago no coração é para poucos. Se eu deixar que qualquer um entre, daqui a pouco estará lotado . Não contei, também, porque eu sei que as pessoas vão ficar dando palpites e falando coisas que não quero ouvir. Eu só quero poder fechar os olhos e viajar nesse paradoxo de vontade. Quero poder pensar na casa arrumada, nos domingos acompanhados de muitos filmes, chocolate e pipoca. Poder pensar nas conversas jogadas fora e em todas as besteiras que irei falar. Gosto de pensar nas brigas e naquela vontade absurda de mandar o outro calar a boca e ir embora, mas com muitas lágrimas e voz trêmula, co…

Os tipos de amor.

Certa vez, fui questionada sobre os tipos de amor e qual era o mais bonito. Fiquei com cara de caneca e não consegui responder nada. Para mim, todos os amores são os mais bonitos, mesmo com suas falhas, paranoias e abandono.
Como dizer que o amor que sinto pela minha mãe é mais bonito que o que sinto pelo o meu pai? Como dizer ou medir o amor que sinto pelo namorado atual e o que senti pelo ex? Complicado. Ninguém quer dar o braço a torcer e dizer que ama mais o namorado passado do que o atual. Todo mundo quer amar tudo a toda hora, inclusive a pessoa que acorda do seu lado e que te da um beijo de boa noite antes de dormir.
Acho que o amor mais bonito é aquele fiel, honesto, sincero, companheiro e não tão sério. Pessoas sérias demais são amargas e ninguém quer isso, também.
Acho bonito o homem que abre a porta do carro para a mulher. O filho que chama a mãe de "senhora" e que a trata como rainha. Acho bonito a mulher que mesmo depois de 20 anos de casamento, ainda se arruma par…

Homens x Mulheres

Afinal, o que homens e mulheres querem? Essa pergunta já está dando nó na minha cabeça. Antigamente (como se eu fosse idosa) era mais fácil de responder a pergunta. Diríamos: homens querem sexo e mulheres querem amor, companhia, compreensão, lealdade, casa e família. Não sei se essa resposta cabe a pergunta hoje.
Sou do tipo feminista, mas não está dando para defender com unhas e dentes o meu gênero, afinal, mulheres tem se comportando como homens (aquele tipo que não vale muita coisa, porque existem homens e HOMENS). Mulheres não se respeitam mais e não exigem respeito, também.
Parece que homens querem sexo e mulheres querem mais sexo, ainda. Como se tivesse acontecido uma revolta e elas decidiram: chega, agora vou jogar na mesma moeda. Aliás, às vezes tenho a impressão de que os homens estão querendo compreensão, carinho, casa e família e as mulheres estão querendo sexo, bebida e muita farra. Não sou contra nada disso, mas mulheres, vocês tem me envergonhado um pouco.
Ser o sexo for…

Não quero perder tempo

Imagem
Quando essa coisa estranha começa a chegar, procuro te enviar cartas em branco, mas com muitas coisas escritas e borradas. Quando a angústia começa a querer me vencer, fecho os olhos e viajo em todas as lembranças de dias bons e sorrisos sinceros. Tem horas que canso e quero te mandar embora, mas antes de ir, parece que o seu rosto fica trinta vezes mais bonito e que você acabou de sair de um estado de graça. Acabo desistindo dos gritos, de te mandar embora e de me deprimir com muito sorvete, filmes tristes e músicas suicidas.
Rasgo todas as cartas em branco. Bagunço a cama e coloco duas xícaras de café em cima da mesa para alimentar o nosso vício e essa coisa estranha que chamamos de amor. Penso que foi só uma crise e que mais tarde estaremos conversando sobre a novela e percebendo que poderíamos ser mais intelectuais ou espertos. Você me abraça. Você promete não brigar e aceitamos que só foi uma briga besta, intensa, interna e cansativa. Acho que vamos dormir por algumas horas e no…

Um pouco bipolar

Imagem
Que vontade de chorar, essa. Vontade de querer jogar as formalidades e sair gritando feito louca. Talvez seja uma fase de insanidade gratuita (ou não). Chuva costuma me deixar mais feliz. Café, também. Mas hoje sinto-me tão vazia, que por mais que o mundo passe a ser melhor, não sentirei nada. Estou oca. Ao mesmo tempo estou intensamente feliz. Sinto vontade de abraçar estranhos e sorrir para os animais. Sou como um belo fim de tarde, com um pôr do sol perfeito e calmo.
Começo a achar que sou o extremo de cada coisa. Mais um pouco e vou ser todas as pessoas em um corpo só. Sou homem, mulher, mãe, filha, orfã. Sou orfã de coisas pequenas. Não me importo tanto com coisas grandiosas. Deixe comigo um bom livro e algum café que já serei feliz.
O dia está passando muito devagar. Eu procuro correr para ter a impressão de que logo tudo terminará. Continuo sentada em uma cadeira de escritório, fazendo coisas que não são muito empolgantes e pedindo para ir pra casa logo. Preciso sair dessa lou…

Amor ao café.

Imagem
Tenho milhões de notas mentais, mas antes que eu esqueça, uma preciso escrever em algum lugar: PRECISO DEIXAR DE TOMAR CAFÉ. Pensem comigo: passei a vida tomando café. Café me deixa alegre, calma, triste, com sono, sem sono e me faz escrever bem. Quando chove, tomo café. Quando estou cansada, tomo café. Quando estou com fome, tomo café. Quando estou sem fome, tomo café. Quando estou irritada, tomo café. Quando estou quase dormindo, tomo café. Quando quero dormir rapidamente, tomo café. Como diabos vou conseguir abrir mão do café agora? Tenho duas opções: aguentar as consequências do café para o meu corpo ou mudar de vida e parar de tomar café. Até parece droga. A repetição da palavra café é proposital.
CAFÉ. CAFÉ. CAFÉ. CAFÉ. Pensando por esse lado, é assim que nos sentimos em relação ao amor, não é? Você ama demasiadamente uma pessoa, mas a relação já está desgastada. Parece que o certo é acabar com tudo e cada um ir para o seu canto, mas não é tão simples assim.  Tem dias que você …

Conversa com um motorista de ônibus

Imagem
Resolvi que como escritora deveria experimentar coisas novas, arriscar mais.
Saí de casa umas 5:00 da manhã, peguei o primeiro ônibus que passou e disse ao motorista que queria ir até o fim e ficar na última parada.
- Mas lá é perigoso, Dona.
Primeio que Dona fez com que eu me sentisse com uns 10 anos a mais e eu queria mesmo um pouco de perigo. A minha vida estava monótona demais.
- É lá mesmo que eu quero ficar.
O ônibus estava praticamente vazio, eu estava sentada perto do motorista, então ele decidiu matar um pouco a curiosidade.
- Olha, Dona, você não tem cara de que trabalha pra lá, ou tem algum conhecido que mora lá.
- Você está certo.
- Então por que a senhora que ir para um lugar que tantas pessoas evitam?
- Estou procurando um pouco de adrenalina hoje.
- Não seria mais fácil a senhora saltar de para-quedas?
É verdade, seria mil vezes mais fácil e eu não correria tanto risco de vida.
- É que eu tenho medo de altura.
- E não tem medo de morrer, não?
- Como assim?
- Olha, Dona…

Carta a um amor.

Imagem
Madrugada fria, silenciosa e a minha maldita insônia me fazendo companhia. Escrever uma carta parece ser salvação para a alma.
Hoje o dia foi pau, amor. Quase tive um princípio de loucura. Tudo bem que sou louca, mas hoje quase me transformei em casa de internação. A normalidade é chata demais para mim. Nunca fiz questão de ser normal. Mas às vezes sinto o peso da minha pouca diferença. Ainda vai querer ficar ao meu lado mesmo assim?
Parece que estamos em planos diferentes. Você envia algumas palavras da terra e eu tento me comunicar desse mundo torto que sou eu. Não sei como funciona o serviço de correspondência. Feche os olhos um pouco, talvez entenda todas as palavras na sua mais pura essência.
Agora começou a chover. Fazia um bom tempo que não parava para olhar a chuva, logo eu que gosto tanto dela. Tenho medo de deixar as minhas coisinhas de lado. Tenho medo de deixar você de lado, também. Tenho medo de deixar a vida de lado. Esses dias estão se arrastando. Estão começando a arr…

Saudade.

Imagem
Saudade é pau. Nos deixa atordoados. Nos traz um desespero quase incrontrolável, daqueles que se mata ou quer morrer. É tão urgente quanto a vida. Tão urgente quanto nós mesmos e a nossa pressa de querer tudo a toda hora. Querer tudo do jeito que achamos que é certo. De um jeito que possa nos fazer feliz.
Saudade aperta e vai tirando o ar aos poucos. Tira o ar até daqueles que raramente a sentem. É ilimitada, não diz quando vai acabar. Nos empurra de um penhasco. Ou você aprende a voar, ou dá de cara no chão.
Saudade nos faz sorrir também. Traz a leveza de um sorriso. A alegria de um momento, de uma pessoa, de uma época. Fala-se de saudade do mesmo jeito que fala-se de amor, esperança, tristeza. Há quem diga que saudade é o primeiro sintoma de amor. Pode até ser, mas por que? Talvez porque queremos a presença quase sempre. Porque somos carentes profissionais e precisamos de carinho e um pouco de amor, pra sair dessa rotina de sentimentos que é a vida de hoje. Queremos a perfeição de …

Romance(sem fantasias e imaginação beirando a loucura)

Imagem
Traga-me um copo de bebida. Estou quase desistindo de você e voltando para os meus vícios destrutíveis e hipócritas. Traga-me um cigarro bom ou vagabundo, tanto faz. Mas não esqueça do esqueiro. Não quero fumar o nada. De nada já basta o que sinto no momento. Sente-se ao meu lado e vamos nos olhar por algumas horas. Silêncio. Não temos nada para falar. Você não tem o que falar. Só fica calado e desviando o olhar. Eu que costumava ser assim. Agora tento olhar nos seus olhos e sinto que não quer o mesmo. Insisto. Sou chata pra ..., mesmo. Não bebo e nem fumo, mas por que pedi para você trazer bebidas e cigarros? Também não quero viver a minha vida sem você, mas por que estou quase desistindo? Não aceito que outros destruam o que temos. Não aceito que uma mentira destrua quem você é. Não aceito que você seja assim... Não posso fazer nada. Aliás, posso reclamar, chorar, te odiar e voltar a te amar com mais intensidade. Por favor, sente-se aqui e vamos nos matar juntos. Você com alguns co…

Nós.

Imagem
Teu corpo pede carinho, eu peço um amor inventado. As horas passam se arrastando e nem sentimos. Queremos o mundo inteiro, inclusive as suas dores. Até as piores.
Tua respiração continua rápida, ofegante e assustada. Fico esperando pacientemente até as estrelas aparecerem para poder ir embora. Que a sorte nos acompanhe até lá.
Tu desejas os meus desejos, os meus devaneios, as minhas mais incríveis insanidades. Eu desejo um pouco da tua alegria, da tua paz, do teu tormento.
Quero aprender contigo e com a tua paciência, com a tua esperança que é tão grande, tão TUA. No fundo eu que estou em perigo, mas tu que esperas salvação.
 Ficamos observando a chuva caindo pela janela. Cada gota é uma vida e a nossa está naquele meio. Sabemos disso. Quem cairá primeiro? Acredito que eu que não sou tão forte como tu imaginas. Eu sou a pessoa distorcida dos teus sonhos. A realidade nunca foi tão diferente.
 Teus olhos voltam a me pedir abrigo, e eu quero viagem espacial. Quero o diferente. Quero nov…

Quase amor.

Dentro de ti há de ter um pouco de mim.
Um pouco de nós.
De todas as palavras e carinhos trocados.
Nunca nos perdemos tanto.
Ouço a tua voz distante, mas tu nunca estiveste tão perto como agora.
Dentro de ti há de ter um pouco dos meus sonhos.
Um pouco dos meus medos.
Um pouco do meu amor.
O meu amor é um pouco hermético, admito.
Mas acredito que tu gostes da minha complexidade.
Eu gosto um pouco da tua complicação.
Nos gostamos de forma ora certa,ora errada. Hermética, complicada.
No fundo tudo se resume a nós.
Se resume a essa paixão impaciente. À amizade que cultivamos.
Ao nosso caso alegre e às vezes distante.
Dentro de mim há de ter um pouco de ti, aliás.

Quem é você ? (eu)

Afinal, quem é você? Quantas vezes vou ter que penetrar seus olhos à procura de algo a mais? Quantas vezes terei de analisar cada suspiro seu para entender o que passa aí? Como vou saber?
Afinal, quem sou eu? Quantas vezes vou ter que me olhar no espelho e penetrar os meus olhos à procura de algo mais real sobre mim? Quantas vezes terei que falar sozinha para me conhecer melhor? Como vou saber quem está falando por mim?
De repente pareço não te conhecer. De repente nem sei quem sou.
Sou você. Você sou eu. Fomos unidos num pacto divino. Fomos lançados para viver.
Viver tem lá sua beleza. Viver é mais bonito do que parece. Há quem diga que quem vive não morre. Vai saber.
Fomos misturados. Somos vinho e água. Alguém procura equilíbrio, também?
Tenho medo de cair. Você tem pressa para voar. Já disse tantas vezes que se voarmos vamos cair. Por essas e outras que não saímos do lugar. Nos consolamos e às vezes brigamos por excesso de felicidade.
Afinal, quem é você que tem o mesmo rosto que…

Trecho de carta para um alguém que mora em mim

Pra ti, meu coração quebrado e vivo, recém machucado por causa de tantos sentimentos em um espaço limitado e frágil. Não sei quem és. Não sei como consegues me atingir de tal forma. Só sei que assim, só assim, percebi que devo me comunicar comigo. Devo conhecer os meus outros eus.
Domingo triste, horas se arrastando, calor dos infernos. Luz apagada, uma música barata e a tela do computador começando a maltratar minha visão. Meus olhos, esses que já foram tão jovens, andam com dificuldades para enxergar determinadas coisas. Mal consigo ler as palavras que escrevo e que socam as folhas arrancadas de um caderno velho. A cada dia envelheço mais. Por fora não há muitas mudanças. Em momentos de paixão extrema, volto a ser um bebê que depende da mãe, mas que não a tem por perto e não entende o motivo de tal ausência. Não vamos explicar, também. Toda criança merece uma infância saudável, antes de se chocar com a realidade da vida.
Pra ti, todas as minhas feridas abertas e sangrando. Todo o m…
Tenho medo de fazer terapia e perder a inspiração. Não quero perder a minha insanidade. Me assusta ser uma pessoa convencional, que se preocupa com futebol e queima os neurônios com programas de tevê sensacionalistas e fúteis. Gosto dessa coisa paradoxal que é ler, escrever, sorrir e chorar baixinho. Gosto, mais ainda, de todos os devaneios que rodam a minha cabeça por horas e mais horas, expulsando o meu sono e tirando a minha paciência. Vou agarrar alguns travesseiros e viajar na minha mente. Vou fechar os olhos e sentir outros corpos. Rápido, tragam-me medicamentos e me encaminhem a um psiquiatra. Melhor, ignorem... Nada mais fácil que ignorar um louco poeta.
Às vezes acho que guardo boa parte do meu amor por ti no estômago, pois quando sinto saudades, desejo comer a presença e quando brigamos, só falto morrer de gastrite. Como uma gorda que se preze, prefiro passar o resto da vida comendo a tua presença a ter que morrer de gastrite por ter que deixar de amar você. Quase trágico.