Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013
Banho de chuva. Eis um ponto interessante. Fazia tanto tempo que tinha me esquecido o quanto é fácil e barato ser feliz. Gasto tanto com pequenos prazeres, enquanto a natureza me oferece a felicidade da forma mais crua. A agua batendo no rosto, limpando a maquiagem, a alma, o lixo todo. Todos somos cheios de lixo e talvez seja por isso que as cidades estão tao sujas, afinal, o nosso ambiente é o reflexo de quem somos. Como manter um ambiente limpo, se estamos sujos por dentro? Sentir a chuva me faz enxergar melhor. Enxergar de verdade. Sem procurar razões plausíveis. Sem tentar criar ou me apropriar de uma teoria pra tudo. Entendo que o caos em mim seja o ápice e a alma da minha arte ou disso que chamo de arte. Escrever é isso, dominar com palavras ou frases boas o que nos domina, o que nos tira o sono. Pra mim,o estado de graça vem através dessas palavras embaralhadas. Através desse quebra cabeça de palavras que servem pra mim e pra quem está do outro lado. O quanto sou parecida com …